Coelet






















Roberto Diamanso

Antes que não tenha rima
A imensa lida
Antes que saias a perguntar nas avenidas:
- Cadê lua, cadê a tua luz amiga?
- Cadê, cadê você querida

Antes que venha aquela atrevida
Tomar tudo debalde
Antes que seja tarde
Antes que venham venham aqueles dias
Em que digas:
- Não tenho mais prazer na vida!
A vida furta-cor
Furta sabor
E rouba melodia

Antes que se parta
O copo de ouro
E se despedace o cântaro
E a roda junto ao poço
Lembra-te do teu Criador
Enquanto és moço