A Escolha


Prefiro ver o sol nascer, que
uma vida ver morrer, ou
uma mente pensar, que
uma pessoa matar.

Prefiro um sorriso ter, que
uma mão mover, ou
uma boca beijar, que
uma vida acabar.

Prefiro fazer amizades, que
andar na cidade, ou
ter você como amigo, que
ser seu pior inimigo.

Queria saber quantas pessoas
poderiam ter o poder, de poder
ver quantas coisas podem
escolher, sem se sentirem
deprimidas, sentindo-se
amadas, sentindo-se sóbrias.

Esta é a maior descoberta:
A escolha!

02.06.1982